O Fumo: Como e porque deixar de fumar?

O tabaco mata mais de 7 milhões de pessoas a cada ano. Mais de 6 milhões dessas mortes são resultado do uso direto do tabaco, enquanto cerca de 890 mil são resultado de não-fumantes expostos ao fumo passivo. Quase 80% dos 1,1 bilhão de fumantes do mundo vivem em países de baixa e média renda.

No Brasil se registrou em anos recentes uma media anual de mais de 470 mil infartos e internações devido a doenças cardíacas e mais de 370 mil de doenças pulmonares provocadas pelo cigarro. Além disso, o tabaco gera uma perda econômica de R$ 56,9 bilhões ao ano, por causa do custo do tratamento das doenças relacionadas ao tabaco, da perda de produtividade dos fumantes que adoecem e por causa das mortes prematuras.

Esses dados são alarmantes, mas o que pode ser feito? Se você é fumante, como se livrar do vicio e melhorar a sua qualidade de vida? 

O Desafio

O cigarro contem milhares de químicos muito tóxicos, estes compostos geralmente reforçam os efeitos do tabaco, sobre tudo o da Nicotina, principal responsável pelo efeito estimulante e viciante do cigarro alem das alterações genéticas que propiciam a formação de carcinomas (celular cancerígenas) nos pulmões, cérebro e outras partes do corpo afetadas pelo fumo.

Quem deseja se livrar do cigarro experimenta sintomas de abstinência muito fortes como: Dificuldade em se concentrar, ansiedade, aumento de peso e taquicardia. Mesmo assim existem benefícios imediatos e a longo prazo para quem com determinação e disciplina aprende a resistir. 

Benefícios imediatos

Assim que a pessoa para de fumar o seu corpo começa a se desfazer das toxinas. Entre os benefícios imediatos se contam: Melhora da qualidade do sono, que fica mais profundo; Olfato e paladar ficam mais apurados, permitindo sentir os sabores dos alimentos; Em 20 minutos a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos voltam aos níveis normais; Mudança do odor corporal, que deixa de liberar as substâncias do cigarro; em 2 horas não há mais indício de nicotina no sangue.

Em 3 meses o quadro é ainda melhor: A sensação de irritabilidade e stresse minimizam; Tosse e pigarro já não ocorrem com tanta frequência; Benefício cardiovascular, que reduz a chance de infartos agudo do miocárdio; Fortalecimento da respiração, melhorando o desempenho nas atividades físicas e sexuais; O sistema imunológico inicia sua recuperação, reduzindo a intensidade de infeções.

Benefícios a longo prazo:

Depois de 10 anos o ex fumante experimenta: Redução na incidência de doenças cardiovasculares e AVC; Em mulheres o risco do desenvolvimento da diabetes é igual ao de um não-fumante; O risco de morte por causa de canceres diminui para a metade para quem fumava até um maço por dia.

Para auxiliar nesse processo os seguintes florais são realmente excelente:

Desintoxicar o corpo: Harmonizador I e II = Tomar 15 gts do Harmonizado I. Dar intervalo de 30 minutos. Tomar 15 gts do, Harmonizado  II=  1 vez ao dia (ao despertar).
Melhorar o autocontrole e diminuir a ansiedade: G.Limbicus + Centralis + Calmallis = 10 gts sublingual de cada, 5 vezes ao dia. Passiflower  gel= passar nos pulsos com movimentos circulares, 4 vezes ao dia. Nutrissono= 20 gts. sublingual, antes de dormir.
Fortalecer o sistema cardo respiratório: Respirum= 10 gts sublingual, 3 vezes ao dia. Escoare= 10 gts sublingual, 3 vezes ao dia.
Recuperar o vigor físico e sexual: Ashanty= 10 gts sublingual, 3 vezes ao dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *